Santiago, capital do Chile, é um centro urbano recheado de diversão e cultura. Isso porque apresenta arquitetura, opções de lazer e gastronomia super variadas. É uma cidade grande, hiper bem cuidada, arborizada, limpa e bonita, cheia de parques e praças. Além disso, é cercada pela lindíssima Cordilheira dos Andes, que dá toda a beleza e charme para a capital.

 

Conheça a região central de Santiago

O Centro é o lugar ideal para quem gosta de ficar próximo às atrações históricas. Ou seja, você pode fazer passeios a pé pelo centro e prédios históricos, como a Plaza de Armas, Museu de Santiago, Museu de Arte Precolombino, o lindo prédio dos Correios, a Catedral Metropolitana de Santiago, Paseo Ahumada, Palácio La Moneda, sede do governo, Plaza de La Constitucion, entre outros. Além de andar a pé, também é possível andar de metrô, pois ele corta todo o centro.

santiago do chile centro

Uma dica boa para fazer o tour histórico pelo centro é entrar em contato com a empresa Strawberry Tours. Em resumo, eles fazem três tipos de tour a pé. Depois disso, o valor você que escolhe e paga ao final do passeio, de acordo com o que achar que vale! Os guias são excelentes e vale muito a pena para quem gosta de andar bastante.

A única coisa que não vale a pena em ficar no centro é que se trata de um lugar menos atrativo, menos bonito. Isso porque, durante a noite, fica meio vazio e dá uma sensação ruim de insegurança – embora digam que o país é super seguro.

 

Charmosos e boêmios bairros de Santiago

Ao lado do centro, logo após o Cerro de Santa Lucia, fica o charmoso e boêmio bairro Lastarria. Ideal para quem gosta de lugares mais culturais, cheio de pessoas e lugares artísticos. Muitos museus ficam por ali, como o famoso Gabriela Mistral, com uma arquitetura fantástica.

santiago rua Jose Victorino Lastarria

A rua Jose Victorino Lastarria é cheia de bares, restaurantes e cafés, ideal para quem gosta do burburinho. Aliás, não deixe de ir no bar-restaurante Bocanariz, onde servem muitos rótulos de vinhos excelentes em taças. Assim, você pode experimentar vários sem ter que comprar a garrafa toda.

Além dele, logo ao lado fica o também bar-restaurante Chipe Libre, cujo forte são os piscos, não deixe de experimentar o pisco sour, incrível. As comidas de ambos são fantásticas.

O melhor do bairro de Santiago é a localização central, logo ao lado do centro, aonde se pode ir a pé ou de metrô, ao lado do elegante bairro Providencia, este também com fácil acesso por metrô, e pertíssimo de outros famosos bairros como Bellas Artes e Bellavista. Para quem gosta de fazer turismo a pé, todos estes bairros ficam acessíveis a partir do bairro Lastarria.

Outro lugar famoso para se hospedar em Santiago, turisticamente falando, é o bairro Providencia. Um pouco mais elegante e bonito, o bairro é super procurado pelos turistas. Exatamente por ser mais procurado, é um pouco mais caro de se hospedar, porém, é um ótimo bairro, com tudo por perto, padarias, restaurantes, shoppings etc. O metrô também corta o bairro todo, portanto a locomoção é super fácil.

 

Turismo, requinte e diversão

O bairro Bellavista também é famoso por seu turismo, principalmente à noite, por causa do Patio Bellavista, que abriga muitos restaurantes e bares, numa espécie de shopping a céu aberto, lindíssimo e indispensável a visita. O bairro também tem um veio artístico, e muitos adolescentes perambulam por ali, pois há duas ou três universidades próximas umas das outras. É neste bairro que fica o famoso Cerro San Cristóbal e o funicular, no alto do cerro fica a estátua da Imaculada Conceição, o ponto mais alto da cidade. A partir de lá, pode-se descer novamente de funicular (volta no mesmo lugar do bairro Bellavista), ou optar por descer pelo teleférico, que dá no meio do bairro Providencia, próximo ao shopping Sky Costanera.

No pé do cerro, ao final da famosa rua Constitución, fica a casa-museu de Pablo Neruda, La Chascona, de visita imprescindível. Nesta mesma rua existem vários restaurantes famosos e muito bons, como o Peumayen, de comida ancestral (tem carne de llama, de cavalo, de coelho etc) e o Como Água para Chocolate, além de muitos outros, é uma ótima rua para procurar um bom restaurante.

las condes santiagoAo lado do bairro Providencia fica o requintado bairro Las Condes, onde fica a famosa rua Isidora Goyenechea (imagino que seja tipo a nossa rua Oscar Freire em São Paulo) e o shopping center mais alto da cidade, o Sky Costanera, para subir os 62 andares da torre é necessário arcar com o custo de 15 mil pesos por pessoa (preço em Dezembro de 2018). A torre tem vista 360° para toda a cidade.

 

Os vinhos chilenos de Santiago

Para quem é apreciador dos vinhos chilenos, não pode deixar de fazer as visitas às vinícolas. As mais famosas são a Concha y Toro, Undurraga e Santa Rita. A Concha y Toro, sem dúvida a mais conhecida, é lindíssima e tem um tour um pouco menos “familiar”, digamos assim. A Undurraga é bem mais rústica, informal, e tem todo um charme peculiar. A vinícola Santa Rita já é um pouco mais sofisticada e recomendo muito a visita, fantástica. Tem um museu dentro da vinícola com artefatos da era precolombina, muito interessante.

 

Descubra a região de Santiago

Para dar uma esticadinha em cidades próximas, vale a pena ir à Valparaíso e Viñas del Mar, uma cidade ao lado da outra, no oceano Pacífico. Porém, uma bem diferente da outra.

Valparaíso foi a primeira cidade do Chile, onde foi construído o porto e é uma cidade meio caótica. Mas, Valparaíso tem seu encanto. Afinal, as casinhas coloridas nos morros infinitos da cidade dão toda a beleza ao lugar. Os diversos funiculares para auxiliar nas subidas aos morros são uma atração à parte, embora sejam bem velhos, vale a pena andar em um só para turistar, rs. A outra casa-museu de Pablo Neruda fica lá, a La Sebastiana. Certamente, recomendo também a visita a este local super poético.

concon valparaiso santiago chileViñas del mar fica logo ao lado. Cidade linda, banhada pelo Pacífico, super bem cuidada, e cheia de turistas. Vale a pena, para quem estiver de carro, andar toda a sua encosta, vislumbrando a vista e quem sabe, o pôr do sol, que é de cair o queixo. Vários restaurantes e bares convidativos. Para quem tiver bastante tempo no Chile, vale ficar uns dois dias lá curtindo a praia.

Outro passeio hiper bacana é o Cajon del Maipo, onde fica o Embalse el Yeso. Isso porque é um local incrustado na Cordilheira, onde forma uma lagoa maravilhosa com a água do degelo. Portanto, é passeio de um dia inteiro. E não é tão perto, cerca de uma hora e meia para ir e uma hora e meia para voltar, pelo menos. A vista é incrível, rende várias fotos maravilhosas. Tem apenas que ver se na época do ano que estiver indo dá pra chegar lá, por causa da neve. Como fomos em Outubro, já estava tranquilo, com pouca neve. Contudo, ainda assim muito bonito.

 

Onde comer em Santiago

ceviche chileno santiagoNão é nada barato comer em Santiago. Porém, a culinária é fantástica. Além disso, há muitos restaurantes peruanos por lá, e os ceviches são maravilhosos. Vale a pena experimentar vários.

  • Peumayen Ancestral Food
  • Restaurante Como Água para Chocolate
  • Restaurante Aqui está Coco
  • Bar e restaurante Bocanariz
  • Bar e restaurante Chipe Libre
  • Emporio La rosa (cafés, sanduíches e sorvete)
  • La mar e La mar cebicheria

 

Santiago do Chile é um dos destinos mais cobiçados dos brasileiros. O que você achou deste artigo? Acesse nosso blog, recomende e compartilhe com seus amigos. Ah, e não deixe de combinar a sua próxima viagem!


Fale com nossa equipe, preencha o formulário com suas informações.