Warning: A non-numeric value encountered in /home/u280775943/domains/accetur.com.br/public_html/wp-content/themes/panagea/inc/functions/currency.php on line 282

Warning: A non-numeric value encountered in /home/u280775943/domains/accetur.com.br/public_html/wp-content/themes/panagea/inc/functions/currency.php on line 282

Warning: A non-numeric value encountered in /home/u280775943/domains/accetur.com.br/public_html/wp-content/themes/panagea/inc/functions/currency.php on line 282

Warning: A non-numeric value encountered in /home/u280775943/domains/accetur.com.br/public_html/wp-content/themes/panagea/inc/functions/currency.php on line 282

Warning: A non-numeric value encountered in /home/u280775943/domains/accetur.com.br/public_html/wp-content/themes/panagea/inc/functions/currency.php on line 282

Salamanca – Espanha

A cidade dourada que a todos encanta. Habitada desde o primeiro milênio antes de Cristo, é berço de uma das Universidades mais antigas da Europa, datada de 1.218. Até hoje, todos os anos, a cidade atrai milhares de estudantes não somente para os cursos de graduação, os de mestrado e doutorado, mas também para aprender o “verdadeiro” castelhano (Província de Castilla y Leon). Por isso, as ruas da cidade estão constantemente lotadas de estudantes. Em 1988, o “casco histórico” – Ciudad Vieja – foi declarado Patrimônio da Humanidade, pela ONU. Devido ao traço cultural dos espanhóis, os salmantinos são boêmios. Durante a semana, os mais de 300 bares e restaurantes são lotados de estudantes. Aos finais de semana, são os próprios habitantes que enchem os bares.

ONDE FICAR: hospede-se dentro do “casco histórico” (antiga cidade murada. Atualmente existem apenas partes do muro), ou bem próximo.

ONDE IR: Catedral Vieja de Salamanca (construída entre os séculos XII e XIV), a Catedral Nueva (construída entre os séculos XVI e XVIII), a Plaza Mayor (inaugurada em 1756), o Convento de San Esteban, a Pontifícia Universidade, Casa de Las Conchas, Puente Romano, Casa Lis (Museo de Art Nouveau) Archivo General de La Guerra Civil, La Clerecia, Ieronimus: Torres de La Catedral. Vale também um passeio pelas margens do Rio Tormes.

O QUE COMER: A Província de Castilla e Leon não é famosa pela “paella”. Nesta região, a especialidade é a carne de porco. O “El Cochinillo”, restaurante na Calle Van-DicK, é famoso pelo leitão à pururuca. Inclusive, o “jamon” (presunto famoso) muitas vezes faz parte dos “pinchos” e “tapas” oferecidos no Cervantes, Bambu, Casa Paca. Come-se e bebe-se  muito bem e barato em Salamanca. Uma “copa” (taça) de vinho é comprada por 2 a 3 euros e, como brinde você ainda ganha um “pincho” (que é uma espécie de salgado). Além disto, os chamados “menu do dia”, têm preços bem convidativos e consta de uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e uma bebida.


Localização

Entrar

× Como posso te ajudar?